suplementos-alimentares

Quem deve tomar suplementos alimentares?

A preocupação por um estilo de vida saudável está a aumentar. Procuramos seguir uma dieta equilibrada, fazer atividades físicas, dormir as horas recomendadas, porém, com a correria do dia a dia, muitas vezes não conseguimos manter por muito tempo esta rotina. Para ajudar a alcançar as necessidades nutricionais diárias, muitas pessoas recorrem aos suplementos alimentares. 

Segundo um estudo realizado pela Deco Proteste, 41% dos portugueses tomaram suplementos durante a pandemia e entre as principais razões apontadas estão: o fortalecimento do sistema imunológico (61%), ter mais energia (60%) e restabelecer os níveis de vitaminas e minerais no organismo (52%).

O que são os suplementos?

A palavra “suplemento” vem do latim supplere, que significa encher ou completar. E essa é sua função, suprir as carências nutricionais do nosso organismo. Entre os mais consumidos estão as vitaminas, óleos de peixe, minerais e atualmente a astaxantina, conhecida popularmente como o mais potente antioxidante natural.

Quem deve tomar os suplementos alimentares?

Qualquer pessoa que procura manter uma dieta equilibrada e nutritiva pode consumir os suplementos. Ainda assim, recomendamos a consulta a um médico para que possa indicar o produto correto para a sua necessidade. 

Qual é o melhor momento para tomar um suplemento?

De um modo geral, recomenda-se tomá-los pela manhã porém, leia o rótulo do produto e tome conforme as instruções. Sem dúvida, o mais importante é a manutenção da toma. Tomar todos os dias uma cápsula de Azora Astaxanthin, por exemplo, oferece ao organismo inúmeros benefícios, como proteção cardiovascular, proteção neuronal, maior resistência à radiação ultravioleta, preservação da saúde da pele, entre outros. 

Como escolher o suplemento correto? 

Ao escolher um suplemento, é importante certificar-se de que a marca oferece o nível correto de pureza. Em muitas ocasiões, são oferecidos produtos cuja concentração real é inferior à esperada. No caso da Azora, fabricada pela empresa portuguesa Algicel, cada cápsula tem 4 mg de astaxantina, 1,80 mg de vitamina E, 0,35 mg de vitamina B2 e 0,28 mg de vitamina B1. 

Além disso, o centro de interpretação da microalga encontra-se disponível a todos aqueles que queiram conhecer o processo tecnológico de cultivo da Haematococcus Pluvialis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Adicionar ao carrinho